“HÁ BRAÇOS”

O “Há Braços” é um evento que acontece desde 2018, como parte de iniciativas de religiosos de matriz africana de nossa região para fortalecer a união, solidariedade e integração das casas de umbanda e candomblé em atividades sociais, aumentando laços de afeto e entendimento. A realização é da REDE ADAPO de Povos Tradicionais de Matriz Africana na Região dos Lagos e que se explica através da percepção de quem vive em uma região onde a pesca é parte de uma tradição, antes mesmo da colonização, ajudando a sustentar famílias que se alimentam, socializam e comercializam os resultados dessa atividade econômica que têm, ainda, no cultivo da terra, o ponto de encontro das tradições afro brasileiras e ameríndias. Nossa Rede, internaliza este simbolismo como capaz de nos unir, enquanto traduz a concepção de que todos somos importantes, cada um em sua ponta, com sua energia e capacidade de trabalhar de maneira articulada e coletiva. Exatamente como em uma “puxada de rede”… Assim como nas casas de santo, onde cada pessoa, som, energia e movimento faz parte de um jeito único de louvar e cultuar o sagrado, que vem de muito longe, quando pronunciamos a palavra REDE, o significado vai além das conexões do mundo virtual para contemplar um universo de coletividade e tradições, que encontram nos povos tradicionais, seu maior legado, reforçando valores civilizatórios ancestrais. Com o objetivo de nos fortalecer e unir a partir da tragédia e violência dos casos de Intolerância Religiosa, que tem sido registrados em nossa Região, vamos criando a oportunidades para os praticantes desses cultos e tradições se reunirem para atividades além de suas práticas religiosas. No dia 21 de Janeiro se comemora o DIA NACIONAL CONTRA A INTOLERÂNCIA RELIGIOSA e essa é a contribuição da REDE ADAPO de Povos Tradicionais de Matriz Africana na Região dos Lagos para as reflexões desse dia. O evento é beneficente, aberto ao público em geral e com entrada franca. Este ano o “HÁ BRAÇOS” será realizado no “Ile Ase Iya Oju Omi” que fica no município de São Pedro da Aldeia, Bairro Boa Vista, na Rua Berenice Cardoso de Oliveira,36 , endereço bem fácil de achar pois está no google e fica após a base naval e o Condomínio Cisne Branco, que são bem conhecidos no município já estando confirmadas a presença do Grupo Griot que ministrará oficina de Jongo e do “Grupo de Pagode Pura Simplicidade” que alegrará nosso tarde. No local serão comercializadas diversos produtos de interesse da comunidade cultural e religiosa, com apoio de diversas organizações da sociedade civil e empresas como o ATACADÃO DAS IMAGENS. Aguardamos a todos. Contatos e informações no tel (22) 997436799.

Margareth Ferreira

OS IDIOTAS E AS ARTES!

O sujeito nunca foi ao Teatro, porém culpa a Lei Rouanet , que nem sabe o que é.
O sujeito nunca entrou num museu de arte, porém diz que todo artista é vagabundo.

O sujeito mal vai ao cinema, se o “firmi” for dublado, claro, porém se queixa da Lei do audio Visual que também desconhece.

O sujeito nunca leu um livro a não ser a “sangrada Bíblia “, que também não entende nada, ganhou de graça de algum pastor pilantra a troca do seu dizimo, porém diz que os livros didáticos tem um monte de PALAVRA escrita.
O sujeito questiona a Música que não seja a do seu “mau” gosto, questiona os cantantes pela sua sexualidade, sua cor, sua postura política ou religiosa etc, porém não conhece uma nota musical e muito menos alguma vez foi conferir um show dos que ele tanto questiona.

O sujeito nunca saiu do quintal da sua casa, nunca percebeu que Tudo o que o rodeia é arte ou passou pelas mãos de um artista e mesmo assim na sua cegueira sócio cultural continua a negar o mundo do qual faz parte IRREMEDIAVELMENTE!!

O sujeito é um idiota que só se alimenta da barbárie pré digerida imposta por outros sujeitos tão idiotas como ele, com a diferença que estes últimos tem interesses materiais muito bem definidos e passam irremediavelmente pela morte cerebral dos sujeitos idiotas que alimentam

A questão é se a morte cerebral bastará para manter vivos, em estado de coma, quem os Sujeitos Idiotas querem manter de forma perpétua para eles se perpetuarem no poder .

Equação difícil de acontecer, essa é a boa notícia!

Nalgum momento Criadores e Criaturas irão desaparecer e serão roteiro de algum filme, Texto de alguma peça de teatro, Tema de alguma mostra conceitual de arte e até marchinha musical de carnaval!
Só ter paciência!
Flávio Dario Pettinichi – 2020.

PEQUENAS DOSES

… E foi pra conta do Benedito

A executiva estadual do PCdoB rejeitou a filiação de Alair Corrêa por 4 votos a 1. O único voto favorável foi do velho militante Carlos Quintão, bastante conhecido na política cabofriense. Portanto, como no velho ditado popular “ficou o dito pelo não dito e foi pra conta do Benedito”.

“Aluno” & “Mestre”

No mesmo barco que o “aluno” Marquinhos Mendes, o “mestre” Alair Corrêa também está inelegível. A filiação ao PC do B foi mais um golpe de marketing político, no qual o “velho morubixaba” é imbatível, dando graça à política de Cabo Frio.

Alair e Marquinhos passaram do ponto

Quem sabe, após esse momento de histrionismo, que busca o centro das atenções, a política de Cabo Frio possa se concentrar em debates mais sérios. Os “meninos” Alair e Marquinhos serão obrigados a buscar outros caminhos.

Ato Público, no Largo de Santo Antônio

O Sepe Lagos está convocando professores e demais profissionais da educação da rede pública municipal para Ato Público, hoje, 16, às 17 horas, no Largo de Santo Antônio. O ato visa pressionar o governo de Adriano Moreno para o pagamento dos salários de dezembro e o 13º.

Baixo nível

Passou da hora de lideranças do movimento dos professores darem um basta na troca de acusações e agressões nas redes sociais, motivadas por questões menores de cunho pessoal, que só atrapalham a unidade da luta da categoria. Ações que só beneficiam o governo, que massacra os professores.

De peito aberto

O ex-secretário de educação, Cláudio Leitão, que, reconhecidamente fez uma gestão honesta e inovadora, tem sido agredido e desrespeitado. Leitão é uma voz que não se calou e enfrenta, desde então, o governo Adriano/Cati de peito aberto.

O governo “salvador da pátria” não salva a si mesmo.

A crise administrativa e financeira do governo Adriano/Cati é grave e preocupa o meio político de Cabo Frio. O prefeito que seria o “salvador da pátria” está perdendo o controle e caminhando aceleradamente para o desmantelamento. Péssima notícia para os servidores e para a cidade como um todo.

O recesso salva o governo

A demissão dos contratados na área de saúde pública vai agravar ainda mais os problemas políticos do governo Adriano. A tendência é a relação com determinados vereadores se deteriorar: por enquanto o recesso salva o governo.

Forte nos bastidores

Cada vez mais discreto, o “1º Ministro” Antônio Carlos Vieira, busca fugir dos holofotes da mídia. Não significa, porém, que tenha perdido a essência do poder, ao contrário, a sobriedade o fortalece nos bastidores.

Impopularidade machuca.

Cada vez mais impopular, o governo Adriano/Cati perde dia a dia o pouco da credibilidade que lhe resta. Custa imaginar que vá buscar a reeleição: a continuar assim, os vereadores não vão querer o prefeito por perto.

O RETORNO DO CRONISTA!

Eram quase cinco horas de uma tarde de verão quando a moça passeava com sua bicicleta de raios brilhantes. Eu havia chegado de viagem e por isso abri a casa lentamente. Gostava de tudo quanto tinha ali. Mas queria que a poeira de outro lugar, trazida nas solas dos sapatos, se espalhasse por aquele chão. Que o odor, produzido pelo meu corpo sob o jugo de outro sol, entranhasse no ambiente e repousasse sobre os móveis.

Tinha comigo alguma tristeza. Por isso não acendi lâmpadas e não levantei os forros como quem procura verificar se está tudo em ordem. Não desejava fazer uma transição brusca. Sempre me desalentou voltar de uma viagem. É que sou um bicho rotineiro. Facilmente me afeiçôo à poeira mais oxidante, ao frio mais insípido, ao calor mais inapetente. Não obstante, o primeiro dia, seja onde e como for, me faz suar e feder como um organismo vivo e pronto a se defender de uma presença estranha.

Voltar, inclusive para minha própria casa, é experimentar o desconforto do novo.

Eu quis me proteger com a vagareza dos gestos. Joguei de propósito uma camisa suja sobre os títulos dos livros. Resolvi jejuar a fim de não abrir a geladeira e encontrar o que há duas semanas comia com tanto gosto.

Tentei que o reencontro com minhas coisas fosse cadenciado e sedutor. Mas a moça que passeava com a bicicleta de raios brilhantes refletia o sol todo dentro da minha casa mostrando-me a lista de coisas não resolvidas no ano passado.

Novamente como um bicho, agora ameaçado e humano, sai correndo com uma música na cabeça. Embora não enfrentasse o mal, me senti bem melhor quando cheguei em frente ao mar.

Rafael Alvarenga

Cabo Frio, 15 de janeiro de 2020.

DESEJOS INCONFESSÁVEIS

Alair e Marquinhos propagam o impossível, isto é, que são candidatos a prefeito neste ano de 2020. O que terá a justiça eleitoral para dizer sobre os desejos implícitos e explícitos dos vetustos senhores. Os dois estão inelegíveis e por longos anos.

OS INELEGÍVEIS

Os inelegíveis se declaram candidatos apenas para fazer fumaça. Seus respectivos grupos se desmancharam e vivem um momento de “salve-se quem puder”, cada um querendo safar a sua onça.

CABOS ELEITORAIS DE LUXO

Não se pode esquecer, entretanto, que ambos vivem disso. Montaram um esquema, que não lhes permite simplesmente desaparecer de uma hora para outra e cair no esquecimento. Estão se transformando em “cabos eleitorais de luxo”.

PISCINA NO RIALA?

O PC do B que em termos nacionais virou “puxadinho do PT”, em Cabo Frio se transformou em “puxadinho do velho morubixaba”. Vai ter direito a banho de piscina, no antigo Riala.

É ASSIM QUE A BANDA TOCA?

Enquanto isso, o PT anuncia que vai de Renato Marins, que já foi, em tempo medieval, candidato a prefeito. O PT de Cabo Frio acaba montando sucursal ou mesmo um “puxadinho”, na Remmar. É assim que a banda toca!

SEM MANIFESTAÇÕES MASSIVAS

Apesar de toda a incompetência e descontrole do governo da dupla Adriano Moreno/Antônio Carlos Vieira, o Cati, os sindicatos não conseguiram unidade política para manifestação massiva contra a política da prefeitura de Cabo Frio.

BLOQUEIO AO SEPE LAGOS

Os servidores da rede pública municipal de educação de Cabo Frio continuam sem receber o salário de dezembro e o 13º. Em manifestação ontem pela manhã o Sepe Lagos foi impedido de entrar na secretaria de fazenda.

BAGUNÇA NO TRÂNSITO

Sem ordenamento e fiscalização

Quando não há ordenamento e fiscalização efetiva acontece isso. Carros mal estacionados e ônibus circulando por ruas estreitas da cidade. Por que deixar os ônibus trazer os “turistas” até a porta, se os ônibus de linha levam até a rodoviária?

Sem organização

Isso tem que acabar. Ponto final, no estacionamento dos ônibus. De lá, linhas regulares urbanas, que levem os visitantes ao destino. Os informais agradecem e o cidadão que precisa trafegar, mais ainda.

FELIPE MONTEIRO SAI DO PC DO B APÓS ENTRADA DE ALAIR.

Alair: do PP ao PC do B

Apesar de todas as restrições, que o impedem de se candidatar até a síndico de condomínio, o ex-prefeito Alair Corrêa conseguiu se filiar ao PC do B. O ex-prefeito estava no PP de Dornelles e Maluf e migrou, sob as bênçãos batismais de Carlos Quintão, para o “puxadinho” do PT e agora do PP.

Felipe Monteiro sai do PC do B

Discordando da filiação do ex-prefeito, que tem imenso desgaste no meio político e fez do seu último mandato um grande desastre, o vice-prefeito Felipe Monteiro disse no fim da tarde de ontem, que não fica no partido. Felipe vai se afastar do PC do B e deve se filiar ao PDT onde será candidato a câmara de vereadores.

FILIPE MONTEIRO SE DESFILIA DO PC DO B

Prezada amiga e Prezado amigo.
Carta de desfiliação.

Dirijo-me a vocês nesse momento pela última vez como filiado ao PCdoB,partido que tenho muito orgulho de ter presidido por 2 anos e ter sido membro da executiva municipal por 5 anos.
Tenho respeito e gratidão ao PCdoB que sempre fora íntegro comigo e o qual deposito meu respeito e gratidão aos Camaradas Carlos Alonso Quintão,Natanael Firmino,Igor Mayworn,Daniel Iliescu,Jandira Feghalli e tantos outros valorosos militantes de um Brasil mais justo e igualitário,porém nao posso mais fazer parte do Partido por não concordar com alguns dos novos caminhos pretendidos e para não criar contenda ou divisão interna, me desligo para continuar nas trincheiras do Socialismo Democrático que acredito,milito,defendo e a qual entreguei a minha vida.
Saio do Partido para não trair meus ideais e por não concordar com as novas atitudes tomadas e tenho a certeza e a convicção de que nos encontraremos nas trincheiras da defesa de um Brasil mais justo,com o nosso povo livre das amarras da ganância e do elitismo,na defesa intransigente e total da classe trabalhadora que vem perdendo seus direitos mais vitais,na luta pela Juventude que é não somente o futuro mas o presente e a realidade da construção das mudanças e de uma Cabo Frio melhor e mais digna para os cidadãos dessa terra.

Minha luta é pela coerência ,pela justiça social e por uma política decente,transparente e comprometida com as pessoas e sobretudo as que mais precisam!

Felipe Monteiro