Freixo, em Cabo Frio

O fato político da semana que passou foi à presença em Cabo Frio do candidato líder nas pesquisas para o governo do estado, o deputado Marcelo Freixo (PSB). O deputado teve encontros com lideranças políticas progressistas locais., inclusive o prefeito José Bonifácio e os ex-secretários municipais, Cláudio Leitão e Flávio Rosa.

Que dupla!

Os dois, Cláudio Leitão e Flávio Rosa estão se assanhando para disputar a eleição de 2022, o tabelião surfista de forma mais explícita. Tudo leva a crer que a sigla escolhida será o PSB de Alessandro Molon e Marcelo Freixo, mas são muitas as possibilidades dentro do mapa eleitoral do Estado.

De mala e cuia

Os bolsonaristas devem mudar em massa para o PL depois do acordo firmado entre Waldemar da Costa Neto e Jair Bolsonaro. A pergunta que fica coçando a língua é: quais os partidos que a extrema direita vai se esparramar nas eleições de 2022?

Quem é o líder?

Quem vai comandar o PL, na Região dos Lagos? O deputado/secretário Sérgio L. Azevedo está de mudança para o PL e o ex-deputado Paulo César Guia garante que para chegar à sigla tem que conversar com ele. Afinal, quem vai liderar o time do mensaleiro Waldemar da Costa Neto na Região?

Dispersão

A extrema direita cabofriense está mais concentrada no Distrito de Tamoios, na medida em que é uma área de ocupação recente com predominância da Baixada Fluminense. Uma só legenda, no caso o PL, não vai conseguir “agasalhar” os bolsonaristas e moristas, que disputam nacos de poder.

Prestígio

Qual será o papel do ex-prefeito Marquinhos Mendes e de seu irmão Carlos Victor na eleição de 2022? Marquinhos Mendes tem grande potencial de votos e mesmo fazendo uma campanha capenga mostrou, em 2020, sua força eleitoral. Resta saber se o ex-prefeito consegue recuperar o seu prestígio na cidade.

É candidato mesmo?

O ex-prefeito Alair Corrêa tem anunciado uma possível candidatura a Câmara Federal. O “velho morubixaba” já tentou uma vez, foi muito mal votado e não se elegeu. Qual a legenda o vai “agasalhar”? Há quem diga que na “hora h” ele desiste e apóia um candidato de fora da cidade com grande potencial, como o ex-deputado federal Ronaldo César Coelho.

Compartilhe:
Instagram
0Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *