Florescer a Escrita

Simone de Beauvoir dizia que não se pode escrever nada com indiferença. Longe disso: é exatamente sobre a paixão envolvida no ofício da escrita que tratam os 53 escritores que fazem parte do livro ‘Florescer a Escrita’, quinta edição da Antologia Poética Flores Literárias, publicado pela Sophia Editora. A obra será lançada no próximo sábado (9),  durante a Festa Literária Cabo-friense (FLIC). O evento será realizado às 16h, no quiosque 8, na Praia do Forte, onde recentemente foi inaugurado um posto avançado da Prefeitura.

A obra, organizada pelas professoras e escritoras Jaqueline Brum e Andréa Rezende, terá textos de autores já consagrados, mas também de iniciantes, que terão a oportunidade de estrear no mercado editorial. O prefácio é do jornalista e editor literário da Sophia Editora, Rodrigo Cabral. Andréa celebra a parceria com a editora e explica o conceito do trabalho. –

Desta vez, o tema é ‘Florescer a Escrita’, ou seja, são poemas que falam sobre o próprio fazer poético. São poemas metalinguísticos, que a gente chama de ‘metapoemas’. Os poetas falam sobre esse fazer da poesia, sobre esse fazer da literatura dentro desses poemas. São depoimentos poéticos sobre a nossa escrita literária – comenta a professora.

A FLIC é realizada desde 2016 pelo Coletivo Cultural Flores Literárias, fundado em Cabo Frio naquele mesmo ano. Na edição de 2021, a programação será realizada em formato híbrido em função da pandemia de Covid-19.

O coletivo formado por mulheres promove o fomento cultural, aberto ao público em geral, com ênfase na literatura. Ao longo dos últimos cinco anos, o coletivo realizou e participou de inúmeros eventos, rodas de debates, e palestras, voltadas para a Cultura em geral. Já em 2017, o grupo conseguiu lançar a primeira antologia poética.

Para a realização da coletânea, um edital foi aberto para que os artistas enviassem seus trabalhos. Neste ano, foi realizada uma oficina ministrada por Andréa Rezende para que os escritores pudessem construir textos poéticos dentro da temática proposta.

– É um trabalho que realizamos com muito amor. Reunimos poetas, escritores e escritoras já consagrados, mas também muitos que estão chegando agora, que não têm um livro solo publicado e vêem no coletivo uma esperança de ter um texto seu registrado, publicado dentro de um livro  – explica Jaqueline Brum.

Abaixo, os autores que participam da obra e o título de seus respectivos poemas:

Aline Moschen | Notícias |  Álvaro do Valle | Divina Escrita |  Ana Carolina Moreira | Escrever: mais do que o próprio ato |  Andréa Rezende | Subjetivo |  Anna Cristina | Benção |  Bia Fernandes | Fadas Literárias |  Bruno Black | Com o lápis |  Cassia Naipe | Escrevo nesta pandemia |  Carlos Vinícius | Que haja o céu, no florescer do véu! |  Cecília Ozório | A vida sorri |  Danielle de Paiva Lopes | Levanta poeira |  Denise Patrício | Poema plantando |  Dirce Amaral | A natureza é paz |  Elaine Lopes | Meu eu em liberdade |  Eloise Gomes | Belas-damas, belas-palavras |  Flávio Machado | metapoema |  Guilherme Izidoro | Amor e Poesia |  Isac Machado de Moura | Palavra-grito |  Israel Albuquerque | O peso da palavra |  Jaqueline Brum | Natureza inspiração |  Jiddu | Vingancinha boba |  Kéren-Hapuk | Das dores inescrevíveis |  Lara Íris Marinho | Meu ar |  Lindberg Brito | Celebrando a vida com flores |  Luciana Mendonça | A poesia parece um martelo |  Luciana Rugani | Escrevo |  Luciane Quintanilha | Aflora em versos |  Ludmila Giovanni | Poetar |  Luísa Maria | O poder da palavra |  Luís Carlos Franco | Poema em alto-mar |  Mabel Pessoa | Meus versos |  Marcinha Ribeiro | Raio de Sol |  Manuela Rezende | A poesia |  Maria Dulce de Vargas | Novo dia |  Marina Moreira Pereira | A escrita em mim |  Maurício Cardozo | Inspiração desaparecida |4 Nilza Freire | Florescer a escrita |  Rachel Almeida | Palavras |  Renata Barcellos | Poemar é preciso |  Renato Fulgoni | A alma do poeta | 2 Rickson Augusto | Análise frutífera | Roberto Amorim | O poema |  Romildo Muniz | O poema não escrito |  Rosa Fonseca | Poetizar |  Rosana Andréia | Palavras em cores |  Rosana Silva | Poema e poeta disléxicos — “eu-líricos” confusos | Rosane Merçon | Borboletas a caminho |  Sarah Dhy | O legado | Tatiana Viegas | Semente |  Vanessa Vieira | Jardim de poético |  Vera Lúcia | O que fazer com um livro de poesias? |  Viviane de Cássia | Sementes distintas |  Wylma Lima | Desabafo Poético | 

Programação da FLIC – A sexta edição da FLIC começa na noite desta quinta-feira (7), com uma transmissão online do bate-papo literário ‘O Poder da Palavra Artística’, pelo Facebook do Coletivo Flores Literárias, com a participação de Andréa Rezende, Jaqueline Brum, Rodrigo Cabral, Isac Machado e Silvana Lima. 

Nesta sexta-feira às 14h30, na Fonte do Itajuru, é a vez do público infanto-juvenil, mas também de todas as idades, brincar com as palavras, ouvir histórias, conhecer novos livros e participar do piquenique literário proposto pelo Coletivo. Haverá ainda uma tarde de autógrafos do livro ‘Aventuras na Laguna’, de Jaqueline Brum, também lançado pela Sophia Editora. No mesmo dia, às 20h, será promovida a ‘Farra Poética’, no Bar Raiz, que fica na Rua Henrique Terra, 31, nas Palmeiras. 

No encerramento da FLIC, no sábado (9), durante o lançamento da antologia poética, haverá a apresentação dos poemas por vários coautores da obra, além da apresentação musical de uma dela, a musicista e comporsitora Kéren Hapuk.

Compartilhe:
Instagram
0Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *