NEM PENSAR!

Nem pensar!

Apesar de sofrer agressões de toda a extrema direita, habituada e pendurada nos métodos da Baixada Fluminense, José Bonifácio reiterou, junto a sua campanha, que não pretende responder a baixaria da qual tem sido alvo. Em conversa com amigos e aliados José Bonifácio orientou no sentido de manter a mesma postura: “baixar o nível seria cair no campo deles, onde eles são campeões: nem pensar!”

As perguntas!

Muita gente em Cabo Frio e Região dos Lagos faz as mesmas perguntas: qual o destino político-eleitoral da Família Bento após sua prisão preventiva sob a acusação de “rachadinha”? Quais os possíveis herdeiros no âmbito político-eleitoral-religioso?

Futuro incerto

A situação política da Família Bento já era difícil depois que o patriarca Silas deixou a Assembleia Legislativa. A eleição de Anderson era fundamental para que a família continuasse a ter alguma importância no cenário político de Cabo Frio. Após o episódio da “rachadinha” o futuro é ainda mais incerto.

Divisão!

O deputado Sérgio L. Azevedo, agasalhou o grupo do “velho morubixaba”, mas não em sua totalidade, parte se dispersou por outras candidaturas. Já Marquinhos Mendes, apesar de não ter obtido o registro afirma aos “quatro ventos”, que vai continuar na sua campanha a prefeito. Quer manter o seu nome na memória dos eleitores.

Fim de carreira?

As eleições de 2020, de alguma forma selam a carreira política de Alair Corrêa e Marquinhos Mendes. Os “sheiks do petróleo” ou “reis dos royalties”, que durante mais de 20 anos dominaram a política de Cabo Frio parecem ter chegado ao fim, embora em política o fim nunca seja o definitivo.

Pode ser 3º

Há quem diga que se Marquinhos Mendes continuar sua campanha, mesmo com o registro cassado, o deputado Sérgio L. Azevedo corre o risco de ser ultrapassado e chegar em 3º. A campanha agressiva do deputado tem sido motivo de vergonha para boa parte do seu próprio eleitorado.

Bolsonarismo mais tosco

Caso chegue em 3º lugar, o deputado Sérgio L. Azevedo poderá amargar uma curta carreira política marcada pela agressividade escancarada, gerada pela infecção gerada pelo bolsonarismo. O resultado eleitoral dos que por oportunismo abraçaram o bolsonarismo ainda mais tosco, se é que isso é possível, tem sido pífio.

Porta dos fundos

Os antigos aliados, que elegeram Adriano Moreno/Cati, expurgados da administração, comemoram a derrocada da dupla. Afinal, os prepotentes, que diziam renovar a política de Cabo Frio, estão saindo da prefeitura pela porta dos fundos, fruto de soberba e da incompetência.

Compartilhe:
Instagram
0Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *