APREENSÃO GERAL

Existe grande apreensão dos servidores e também aposentados e pensionistas em relação ao pagamento dos salários neste duro final de ano. O comércio, em crise aguda, sonha com dinheiro circulando na cidade, mas dificilmente a prefeitura de Cabo Frio irá cumprir com sua obrigação mínima: estar absolutamente em dia com os servidores.

DIVISÃO NO SEPE LAGOS

As assembléias do Sepe Lagos tem se transformado em “batalha campal” entre dois grupos que buscam controlar a entidade. O confronto, sem grande ou nenhuma nitidez política e ideológica, contribui para o esvaziamento das assembléias e enfraquece o sindicato perante o governo municipal.

SONHAR NÃO CUSTA NADA

O ex-prefeito Marquinhos Mendes ainda sonha em voltar a governar Cabo Frio, mesmo que seja no mesmo molde de Chiquinho, em Araruama. Apesar de tudo, o ex-presidente da câmara Aquiles Barreto, acredita na possibilidade de receber o apoio do ex-prefeito. Aquiles tem dito aos mais próximos que não é candidato a reeleição, só lhe interessa disputar eleições para prefeito.

DESGASTE POLÍTICO

O desgaste político de Marquinhos Mendes é muito grande e a votação na câmara, que ele tenta anular, refletiu esse quadro. A maior parte dos quadros que dispunha estão nas campanhas de José Bonifácio, Adriano Moreno e Rafael Peçanha, com compromissos assumidos e difíceis de serem rompidos.

APOSTANDO ALTO

O ex-prefeito tenta se manter como importante eleitor dentro de Cabo Frio, com ramificações em Arraial do Cabo. Existem dúvidas se Marquinhos Mendes ainda conserva grande cacife eleitoral. Seu último governo e participação no pleito, apesar de recomendações em contrário, o desgastaram bastante, mas ele continua apostando alto.

Compartilhe:
Instagram
0Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *