BATENDO ASAS

O governo do prefeito Adriano Moreno continua em seu processo de crise intestina, resultado da falta de quadros e da indefinição político-ideológica da administração, que pretendeu ser maior que ela mesma: deu com “os burros n’água”.

Não há duvida, porém, que anda batendo asas para uma aliança com o grupo do ex-prefeito Marquinhos Mendes: os novos nomes a ocupar a secretaria de educação não deixam dúvidas quanto à proximidade com o ex-prefeito.

O que terá empurrado o grupo de Adriano Moreno para os braços então rejeitados de Marquinhos Mendes? Assegurar maioria na câmara de vereadores? Reestruturar administrativamente a prefeitura, carente de quadros?

As respostas podem ser múltiplas, isto é, “todas as assertivas estão corretas e se completam”, como nos tempos do velho e disputado vestibular do Cesgranrio. O ex-prefeito Marquinhos Mendes está inelegível para 2020, mas continua “grande eleitor” e caso lhe seja possível pode vir a concorrer mais na frente a novo mandato: a política reserva surpresas incríveis.

Não será essa a aliança que o grupo de Adriano Moreno está forjando com o seu antecessor?

Compartilhe:
Instagram
0Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *