“CARDEAL” DA VELHA GUARDA

“Cardeal” da velha guarda

O nome do “cardeal” e assessor especial Gustavo Beranger têm circulado como um dos prováveis sucessores do tabelião-surfista Flávio Rosa, na secretaria de turismo, esporte e lazer. Gustavo foi procurador do município, presidente da então Procaf e secretário de turismo.

Pode rachar?

Segundo as “paredes murmurantes” do Palácio Tiradentes e também do histórico prédio da Câmara Municipal é provável que a secretaria seja mais uma vez transformada em duas: turismo e esportes. Nesse caso, abriria mais uma vaga para a composição política da elástica aliança, que elegeu José Bonifácio prefeito de Cabo Frio.

Coligação informal?

A coligação informal formada por Aquiles Barreto (PT) e Janio Mendes (PDT) está sendo costurada dentro do governo de José Bonifácio, apesar do prefeito estar com todos os olhares voltados para a pandemia. Após a saída de Flávio Rosa do governo restou a figura política do secretário adjunto Rafael Peçanha (Cidadania) capaz de ser protagonista nas eleições de 2022.

O papel de Rafael

O exame cuidadoso das pesquisas eleitorais que precederam a eleição majoritária de 2020 mostra que a retirada da candidatura de Rafael Peçanha foi decisiva para a eleição de José Bonifácio. Foi um momento muito delicado, inclusive porque o então vererador/candidato acabou por não assumir a tarefa de coordenador da campanha de Bonifácio.

O papel de Aquiles

A tarefa de coordenador coube ao vereador Aquiles Barreto, que também retirou sua candidatura a prefeito para apoiar o candidato do PDT. A saída de Aquiles do cenário eleitoral não teve o mesmo impacto numérico da retirada de Rafael, mas trouxe com ele uma vasta articulação política, que José Bonifácio não possuía.

Compartilhe:
Instagram
0Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *