AS PAUTAS IDENTITÁRIAS

Lucidez & Paciência

A sinalização do prefeito na apresentação do secretariado foi boa. Entretanto, o país, em plena pandemia e com o governo federal de extrema direita e irresponsável, enfrenta a maior crise de sua história. Cabo Frio não é um oásis no deserto. Vai ser preciso muita lucidez e paciência para atravessar tempos tão duros.

O prefeito não é Moisés

Aumentar a arrecadação e eliminar entraves burocráticos em plena crise pandêmica e ao mesmo tempo enfrentar reivindicações represadas, especialmente no serviço público, representa uma multiplicidade de tarefas a curto e médio prazo. Como atravessar o deserto? O prefeito não é Moisés.

As pautas identitárias

A formação do secretariado obedeceu, em parte, às pautas identitárias, que tem sido alvo de intensas discussões na sociedade, que são bandeiras de luta dos setores mais progressistas. A ampliação do número de mulheres e negros no secretariado não garante que a política a ser desenvolvida terá um teor de profundo respeito aos direitos humanos, mas é um bom sinal.

A negociação política

O secretário de governo Aquiles Barreto terá a tarefa de negociar com o legislativo. Não deve ser uma atividade penosa para quem foi presidente da câmara e chegou a exercer, em caráter interino, o cargo de prefeito, mas enfrentará dificuldades, porque terá que frear muitas reivindicações em uma época de crise.

1º Ministro?

Aquiles Barreto, que foi o coordenador da campanha, pode funcionar diante da câmara como uma espécie de 1º Ministro do governo e amenizador de potenciais conflitos. O sucesso ou fracasso de sua empreitada vai ser o instrumento balizador de futuros vôos mais altos.

Sacada

Alguns observadores políticos plantados na câmara revelam que a escolha do professor Flávio Guimarães para a secretaria de educação foi à grande sacada na formação do secretariado. O professor não pertence a nenhuma das correntes políticas que disputam a hegemonia no Sepe Lagos e nem a burocracia da secretaria.

Saúde caótica 1

Entre tantos secretários Felipe Fernandes, o novo secretário de saúde, de imediato vai enfrentar tarefa mais árdua e espinhosa. A herança que recebe do governo de Adriano Moreno é caótica. A troca constante de secretários e a desativação precoce do Hospital da Unilagos aumentam a sensação que a população está desamparada.

Saúde caótica 2

A cidade enfrenta pleno recrudescimento da pandemia, a chamada ‘2ª Onda’, coincidindo com a abertura da alta temporada de Verão. Vai precisar de agilidade, competência, recursos e uma equipe de muita qualidade para enfrentar uma realidade duríssima, que se agrava a cada momento.

Que tal calçadas?

Existem ações que são baratas e muito eficientes para levantar a auto-estima do morador: calçadas decentes, sem buracos e desníveis, com rampas de acesso para deficientes. Não existe necessidade de contratação de empresas, a própria secretaria de obras e serviços públicos pode fazer.

Combate a corrupção

A controladoria geral do município, com ênfase no combate a corrupção, segundo o prefeito eleito, será ocupada pelo advogado Luiz Cláudio Gama, que presidiu o Ibascaf. O advogado também presidiu a Comsercaf, chamado pelo prefeito Marquinhos Mendes após a prisão do presidente da autarquia.

Compartilhe:
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *