CÂMARA PODE NÃO TER CONSENSO

Câmara: pode não ter consenso

A eleição do presidente da câmara de Cabo Frio para a próxima legislatura não será tão simples quanto parecia: pode se complicar e não ter consenso, gerando uma disputa acirrada. Até o momento o nome mais citado é o do vereador Miguel Alencar, que foi secretário de governo da dupla Adriano Moreno/Cati.

Batendo recorde?

O atual presidente da câmara, vereador Luis Geraldo, garante que não tem pretensão de tentar renovar seu mandato na presidência. Reeleito com expressiva votação, o 2º mais votado com 2038 votos, o vereador do Republicanos está no 5º mandato e parece ter fôlego pra mais e bater, em definitivo, o recorde de Acyr Rocha.

Estratégia

O fim de semana define a estratégia do prefeito eleito e seu grupo para a relação que vai ser estabelecida com a câmara e também com outras forças políticas da cidade: mesmo aquelas que não estão representadas no legislativo, mas são atuantes no meio sindical e nos bairros.

Secretaria de Educação 1

Vários nomes aparecem cotados para a secretaria de educação, entre eles o da professora Joana D’Arc, que foi subsecretária de educação, com Laura Barreto. Outros nomes comentados são os de Márcia Tardelli e Rafael Peçanha, este tem até torcida nas redes sociais.

Secretaria de Educação 2

Segundo as paredes murmurantes do Palácio Tiradentes, sede da prefeitura, a professora Laura Barreto, que foi secretária no governo de Marquinhos Mendes, não quer mais pegar o “abacaxi”. É uma secretaria extremamente complicada, cheia de nuances políticas, embates ideológicos, embora com grande prestígio e orçamento.

Ansiedade!

Recado para aqueles que estão roendo as unhas até o sabugo, pensando na formação do secretariado: no fim de semana sucessivas reuniões definiram os principais cargos do primeiro escalão. O Blog desaconselha, em meio a essa dura crise pandêmica, fazer qualquer prestação de médio e longo prazo.

Absurdo jurídico

O impedimento do registro de José Bonifácio pelo TRE é considerado um dos maiores absurdos jurídicos, que se tem notícia. Todos os advogados consultados tem reforçado essa opinião e que o prefeito eleito deve reverter com facilidade o resultado no TSE: o tempo recorde como secretário de saúde de Arraial do Cabo (45 dias) teve um preço alto.

Pedalando com Zé!

O prefeito eleito deveria fazer homenagem especial à equipe que formulou a propaganda eleitoral gratuita. Apesar de pequeno tropeço inicial, tornou a campanha leve, gostosa, sem perder a seriedade que o momento exigia. O “Pedalando com Zé” foi muito interessante.

Praça Porto Rocha

Além da “aguada de cimento”, na calçada do Charitas, o novo governo bem que pode acenar com a mudança na Praça Porto Rocha. Reformada no final do governo de Marquinhos Mendes, a praça é reprovada pela maioria absoluta da população cabofriense, que a considera um cemitério a céu aberto. E tem mais: de tão feia, ninguém assume o projeto da praça, seguindo aquele velho ditado popular: “filho feio não tem pai”.

Adriano acertou

Reprovado pela população com uma votação medíocre de apenas 1231 votos, Adriano Moreno acertou, sem dúvida, em uma secretaria: o meio ambiente, cujo secretário o biólogo Mário Flávio Moreira, com recursos mínimos ou até inexistentes, fez um excelente trabalho.

Compartilhe:
Instagram
0Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *