CONSERVADORES & REACIONÁRIOS

Esclarecendo 1

É preciso esclarecer que o candidato da extrema direita, o deputado Sérgio L. Azevedo se empenhou na eleição de Wilson Witzel, que está sendo afastado por corrupção. Só se afastou dele quando o quase ex-governador rompeu com o “patrão”, o governo federal para o qual se curvou.

Esclarecendo 2

No início do seu mandato, o deputado, ainda sob as bênçãos de Witzel (aquele que mandou mirar na cabecinha), tentou armar uma CPI contra as universidades públicas no Estado do Rio de Janeiro. Foi repudiado pela sociedade, professores e alunos e teve sua tentativa recusada pelos deputados da Assembleia Legislativa.

Conservadorismo X Reacionarismo

É preciso esclarecer a diferença entre conservador e reacionário. O espetáculo protagonizado pela candidatura de extrema direita em Cabo Frio não é apenas uma manifestação conservadora. Vai muito além é reacionária, se opondo a qualquer mudança, que possa transformar a realidade social, aceita qualquer método para que isso não aconteça e sonha com uma sociedade, que nunca existiu.

A reação!

A ultra direita tenta apresentar uma família plena, que nunca existiu. É amarrada a uma série de conceitos e preconceitos didaticamente pregados para os outros, mas que efetivamente nunca praticou. Em sua concepção do que é perfeito imagina uma sociedade estática, na qual ela se julgava relevante. Reage e reprime qualquer transformação e para isso utiliza qualquer método que esteja à mão.

Complicação – 1

Está cada vez mais difícil a situação da candidatura do ex-prefeito Marquinhos Mendes (MDB), que luta para sobreviver politicamente, tentando manter seu nome vivo entre a população. O velho MDB, depois do desmantelamento do grupo político de Sérgio Cabral Filho, perdeu sua força.

Complicação 2

Marquinhos Mendes lançou sua candidatura com bastante atraso em relação a outros candidatos, depois de ter apoiado Aquiles Barreto. O ex-prefeito perdeu sua base de apoio político, tem a situação jurídica e eleitoral pra lá de complicada e um número bem pequeno de candidatos a câmara o acompanhando.

Por que será?

Enfraquecido politicamente desde sua última passagem pela prefeitura, que deixou em calamidade pública e com imensa rejeição, Alair Corrêa se jogou nos braços da ultra direita. Negociou politicamente com a turma, mas tem sofrido grande rejeição do grupo e reclamou nas redes sociais. Por que será?

Quem diria!

O “velho morubixaba”, quando lhe interessa divulga que é filho de um velho comunista, tentando arrumar votos progressistas (hoje em dia não consegue mais). Ainda assim conseguiu entregar sua “raspa do tacho”, meia dúzia de militantes, nas mãos da ultra direita. Quem diria!

       
Compartilhe:
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *