SORRISO – Fábio Emecê

Amabilidade

implica

alteridade

aquela capacidade

simples

de atenção

pra uma potencial

afabilidade

reciprocidade

pra dias

em que a gentileza

não seja apenas simpatia

seja fineza

oportunidade

queria sempre

a vida é torrente

lógica existentes

não permitiram

percebê-la

incompetente

de quem teve

o contato

só quis moldar

a partir de um aparente

inócuo

pessoa prepotente

não querendo

deixar prolífera

algo tão evidente

algo que ilumina

algo que atente

as coisas realmente

relevantes

na mera proposta

de vivência

depois que conhece

até sente

pela ausência

riso

risada sorrir

smile

que seja

ver o seu

exposto

é uma ceia farta

a mesa

comer a melhor

sobremesa

livrar o coração

de qualquer

estreiteza…

(*) Fábio Emecê é Poeta, Mc e Professor.