Fome & Fogo

O sistema vida está em risco em nosso planeta. Uma das espécies, a nossa, adquiriu tamanho poder de intervenção e modificação, que adentrou no maléfico biocídio, por egoísmo e ambição.

Biocício? Eliminação de várias formas de vida, inclusive a nossa.

A arrogância, ganância é tão grande que estamos vivendo a sombra de uma veloz destruição, como desertificação, incêndios e contaminação das águas.

É hora urgente de ver qual gota nos resta retirar desse copo para que ele não transborde. É tarde? Ainda não! O problema é difícil, mas não invencível!

O empenho ecológico não se limita só proteger a natureza, mas também os seres humanos.

O ciclo de vida no planeta e a justiça social são inseparáveis, pois a Ecologia integral trata da cultural, econômica e social.

O que está acontecendo desembocará em catástrofes no presente e no futuro.

Necessitamos de uma mentalidade e posturas do ser humano.

A crise é profunda.

Uma lógica está causando degradação simultânea do ambiente social, ecológico e do trabalho humano.

Para tratarmos desse problema não é preciso de atitudes mirabolantes, pode ser feito com gestos cotidianos que podemos quebrar a lógica da violência, exploração e do egoísmo.

Temos que dar prioridade ao tempo não a busca do poder.

A realidade nos mostra como é fácil entrar na corrupção, fazer parte da política diária do “dou para que me deem”, onde tudo é negócio.

E assim estamos apreciando nosso País queimar, matando nosso bioma.

Tristeza invade o coração de nós brasileiros, nosso verde da bandeira está se transformando em fumaça negra, rios secos, animais mortos, indígenas sem suas comunidades e agricultores jogados a própria sorte.

Que podemos fazer p sair do fundo do poço? Consciência, luta e patriotismo, porque ficar omisso é ficar do lado de quem vai ganhar essa guerra!

(*) Ângela Maria Sampaio de Souza é Professora.

Compartilhe:
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *