Gabinete do Ódio

A CPMI das Fake News, no Congresso Nacional, investiga os componentes do chamado “Gabinete do Ódio”, situado dentro do próprio Palácio do Planalto. A investigação do STF, que tem como relator Alexandre de Moraes, está dando resultados mais rapidamente, mas vai alimentar a CPMI.

Boa iniciativa

Em Cabo Frio, a câmara instalou também uma CPI para apurar as “Fake News”. Boa iniciativa do vereador Miguel Alencar (Democratas). Dá publicidade a quem busca a reeleição, o que é o seu caso, criando um fato político, que pode ser relevante. Pode também acabar dando grande trabalho a aqueles que bolsonaristas ou não usam esses métodos.

Justa preocupação

Miguel Alencar é o “puxador de votos” da nominata do Democratas. Na campanha, se os candidatos a câmara associarem seus nomes ao governo Adriano Moreno/Cati poderão ser dragados pela imensa rejeição da atual administração. O vereador, que foi secretário de governo, deve estar preocupado.

Quais as saídas?

A queda na arrecadação é imensa e atinge estados e municípios por todo o país, Cabo Frio não é diferente e muito menos um oásis em meio ao deserto. Como resolver e manter em dia ou quase isso, o pagamento do funcionalismo municipal, que já sofre os efeitos da má administração dos “gênios da lâmpada”?

Pente fino

A solução está na cara: passar o pente fino em todas as despesas da administração direta e indireta e o “facão guarany”, nos cargos comissionados (portarias). Aí tem um “problemaço” para o governo, o ano é eleitoral. O prefeito ainda não jogou a toalha e os seus vereadores querem continuar sentados nas magníficas poltronas do Plenário Oswaldo Rodrigues.

Luis Geraldo: críticas a Guedes

O presidente da câmara, vereador Luis Geraldo, elevou o tom das críticas a fala do ministro da economia Paulo Guedes, na famosa reunião ministerial de 22 de maio. Ficou claro que o ministro não tem nenhum plano ou interesse para salvar da falência às pequenas empresas.

Grana, só para o sistema financeiro

Guedes é ligado à especulação do capital financeiro. Para o oligopólio dos bancos, logo no início da pandemia, liberou mais de 2 trilhões de reais. Para as pequenas e micro empresas, só merrecas e para os trabalhadores aquele pinga-pinga, em três parcelas, em filas intermináveis e humilhantes.

Feia & Depredada

Praticamente impossível encontrar um cabofriense que elogie o traço arquitetônico e urbanístico da “nova” Praça Porto Rocha. Reformada, tipo “embrulha e manda” em fim de governo pelo ex-prefeito Marquinhos Mendes, a feiúra da praça mais importante do município é uma unanimidade. Como tudo pode piorar, a praça está totalmente depredada e desfigurada.

Paraíso dos Cupins

O prédio histórico do Charitas, sede da secretaria municipal de cultura e do Museu José de Dome é hoje o “paraíso dos cupins”. É preciso mais cuidado com o prédio, restaurado no primeiro governo de José Bonifácio Novellino. Ah, a calçada em frente, esburacada, merece ao menos uma aguada de cimento.

Compartilhe:
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *