Tempo de TV & Votos

Como transformar tempo de televisão no horário eleitoral gratuito em votos será o grande desafio da candidatura do PT. Desde a associação da legenda com Alair Corrêa e Marquinhos Mendes não teve votação expressiva em Cabo Frio.

Será que cola?

A executiva nacional do PT não permite alianças com o Democratas da Família Maia e o pessoal do ninho tucano (PSDB). Como os petistas de Cabo Frio vão driblar esse obstáculo? A resposta não é fácil, vai exigir muita manobra. Será que cola?

Laranja

A solução pode vir a ser o governo Adriano Moreno/Cati (Democratas) lançar um candidato laranja. Resta saber quem se apresentaria para exercer tal papel. Vovô Bibiu com seu vasto conhecimento da alma diria: “tem sempre gente que aceita qualquer papel”.

Aliança & Credibilidade

A aliança entre José Bonifácio e Rafael Peçanha parece ter realmente funcionado e se reflete nas redes sociais. Existe em Cabo Frio o sentimento que só uma candidatura com grande credibilidade pode reverter à decadência do município.

“Abacaxi”

O próximo prefeito vai pegar um “abacaxi” complicado de descascar. Um município inchado, em crise fiscal, maquina pública desacreditada e desemprego gigantesco. É a grande herança de Alair Corrêa, Marquinhos Mendes aprofundada pelos gênios da lâmpada Adriano Moreno & Cati.

Crise geral

Funcionários públicos da ativa, aposentados e pensionistas, que se preparem para o final trágico do governo Adriano moreno/Cati. Além da má gerência da Covid-19, dificilmente o governo vai conseguir manter os salários em dia.

Atenção!

O governo Adriano Moreno/Cati parece querer fazer da implantação das OSs a bola da vez. Será esse o objetivo do acordo com o governo estadual de Wilson Witzel? O “Gabinete de Crise” está cada vez mais em crise.

Desastre eleitoral

Os bolsonaristas cabofrienses começam a sentir na pele a perda de popularidade e credibilidade do governo Bolsonaro. A exibição da reunião ministerial do dia 22 foi um desastre eleitoral para os neofascistas: o futuro político dessa turma é incerto.

Compartilhe:
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Um comentário em “”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *