A CARA DA CRISE

A cara da crise

Cancelamento dos contratos temporários e das licitações na administração direta e indireta (Comsercaf) e exoneração de cargos comissionados (portarias ou cargos de confiança). São as decisões do governo Adriano Moreno/Cati para enfrentar a crise.

Vai sobrar grana?

A prefeitura deu um passo atrás e a suspensão dos contratos temporários será restrita a área da Educação. Ora, os recursos do FUNDEB (Governo Federal) cobrem 75% da folha de pagamentos dessa área. Vai sobrar grana?

A crise das cestas básicas

Os vereadores continuam profundamente insatisfeitos com a condução da secretaria de assistência social, leia-se professora Marta Bastos, que foi indicação direta da “República do Edifício Lila”: “Não adianta colocar a cesta básica em cima do túmulo da pessoa” – vereador Luis Geraldo, presidente da câmara.

Compartilhe:
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *