RACHAS NA EXTREMA-DIREITA

A presença do governador Witzel, na Região dos Lagos serviu, entre outras tantas coisas, para evidenciar os “rachas”, na extrema-direita. Divididos entre Bolsonaro e Witzel, a extrema direita ainda acredita no seu poder para reforçar suas posições nas eleições municipais de 2020.

VEREADORES, DESCOLANDO DO GOVERNO

A fraqueza política do grupo de Adriano Moreno e Antônio Carlos Vieira, o Cati, fica cada vez mais clara. Os vereadores, obviamente, interessados na reeleição, tentam se descolar do governo municipal. A pergunta, que continua sem resposta é, como se descolar, sem perder vantagens de ser governo?

DIVIDIR PARA DOMINAR

Há quem garanta que todos os sinais políticos emitidos pelo governo municipal é que Adriano Moreno não tentará a reeleição. Outros dizem que o governo está tentando por em prática a velha política colonial inglesa: “dividir para dominar”, a única chance eleitoral de Adriano Moreno se reeleger.

JOGADAS SUJAS

Uma das jogadas sujas, que a justiça eleitoral, não evitou nas eleições de 2018, foi a criação de milhares de robôs na internet, em apoio as candidaturas de Bolsonaro e dos bolsonaristas. Esse matreirice, se é que podemos chamá-la assim, povoa as redes sociais com falsos apoios a turma da extrema direita e criando uma onda como se a vitória fosse inevitável.

CUIDADO!

Muita gente cai nessa e passa a reproduzir a candidatura da extrema direita como se fosse praticamente imbatível, criando o fenômeno da “pedra no lago”. As pesquisas, em nível nacional, mostram que o bolsonarismo, ou seja, os fanáticos de extrema direita não ultrapassam 12% do eleitorado. O resto é levado pela onda. Cuidado!

DESCE A CORTINA!

A procura de uma ótica o prefeito Adriano Moreno, acompanhado de um segurança, esteve na galeria do Café PerTutti, no centro da cidade. Encontrou rapidamente a turma que diariamente “bate ponto” no café, a quem chamou de “A Comissão”, imediatamente rebatido pelos integrantes da mesa: “Comissão da Verdade”. Nada mais foi dito ou percebido.

Compartilhe:
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *