MARQUINHOS: BLOQUEADO E INTERDITADO.

Cartão furado

Os banheiros da rodoviária de Cabo Frio continuam a ser péssimo cartão de apresentação da cidade. Está certo que a administração não pertence à prefeitura, mas alguma providência tem que ser tomada. Afinal, quem perde é a cidade e não meia dúzia de burocratas.

Destruição & Inércia

São Cristovão e Guarany são bairros que sofreram demais com as aberrações urbanas do período de governo dos “sheiks do petróleo”, especialmente Alair Corrêa. O “velho morubixaba” quebrou tudo e não terminou nenhuma obra. Marquinhos Mendes e Adriano Moreno completaram a destruição pela inércia.

Marquinhos: bloqueado e interditado

Marquinhos Mendes tenta se manter vivo politicamente com a “fake news”, que será candidato a prefeito de Cabo Frio. Seus caminhos jurídicos estão bloqueados e interditados. Politicamente, o seu grupo começa a desmanchar, dividindo-se entre diversas candidaturas.

“Empurrando com a barriga”

Segundo pessoas muito ligadas ao ex-prefeito, Marquinhos, está “empurrando com a barriga” a decisão e deixa possíveis candidatos em suspense. Pode ser sua mulher Kamila, o presidente da câmara Luis Geraldo, o vereador Aquiles Barreto ou até mesmo apoiar a reeleição de Adriano Moreno.

Tem perdão?

O que dificulta a alternativa de apoiar a reeleição de Adriano é que Marquinhos Mendes sabe que foi o grupo do prefeito aliado aos vereadores do deputado Sérgio Azevedo, que contribuiu para a sua interdição político-eleitoral. O ex-prefeito costuma não perdoar, o que considera traição.

Conversas com os excluídos

O ex-prefeito José Bonifácio tem conversado com os mais diversos segmentos da política cabofriense, inclusive alguns nomes que foram importantes na articulação da campanha de Adriano. São figuras que foram excluídas do governo, no processo de ascensão de Antônio Carlos Vieira e Sérgio Ribamar.

A exclusão e o desgaste

O processo de exclusão desse grupo, que articulou a campanha, tem gerado grande desgaste para o prefeito e sua “troupe” da República do Edifício Lila, mais conhecido na cidade como Edifício das Professoras. Como sempre disse o querido Vovô Bibiu, o “Mago do Obelisco”: muita água ainda vai passar nas pedras sob a Ponte Feliciano Sodré.

Evangelos é o novo presidente do Conselho de Patrimônio

O Conselho Municipal de Patrimônio Cultural realizou na tarde de ontem, 15 horas, de terça-feira, reunião para eleger seu novo presidente. O eleito foi Evangelos Pagallidis, com 4 votos, superando o engenheiro Luciano Silveira, que obteve 2 votos. Dos 11 membros compareceram e votaram 6 conselheiros.

Compartilhe:
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *