QUEM FICA COM O PT?

Disputa no PT?

As pitonisas da política de Cabo Frio estão prevendo disputa pelo controle do PT local. De um lado a dupla formada pelo vereador Aquiles Barreto e o secretário de governo Miguel Alencar, ambos com “canetas cheias de tinta”. De outro, a presidente Priscila Soares e o advogado José Leandro, que atualmente controlam o partido na cidade.

Aguardando o Diário da Costa do Sol.

Alguns observadores mais experientes dizem, com prudência, que não vai acontecer nenhuma briga maior desde que sejam disponibilizados cargos dentro do governo municipal, de Adriano Moreno, para agasalhar, como diria o “velho morubixaba”, possíveis dissidentes. No caso, o mau humor duraria bem pouco.

Tempo na mídia.

O PT de Cabo Frio sempre representou instrumento de aliança para as candidaturas majoritárias, foi assim com Alair Corrêa e Marquinhos Mendes, por conta de ser uma sigla nacional com bastante tempo de televisão e outras mídias. Com a proibição das coligações nas proporcionais, que ainda pode ser modificada, o partido, a princípio, terá muitas dificuldades para fazer sua nominata e eleger vereadores.

As bênçãos de Quaquá.

O controle do PT estadual está nas mãos do ex-prefeito de Maricá, Washington Quaquá. Caso a disputa fique acirrada é bom ficar de olho para identificar sobre qual grupo vão cair às bênçãos do comandante do partido. Lembrete: Quaquá está atrás de votos e de prestígio. Quem tiver pra dar …

Resposta política.

A 1ª edição do Prêmio Luiza Mahin, acontecido na semana passada, foi à oportunidade encontrada pelo Movimento Negro para ratificar seu apoio ao secretário de cultura Milton Alencar Jr. e ao prefeito Adriano Moreno. Em todo o momento parecia uma resposta política ao ‘Ocupa Charitas’ e a Sociedade de Artistas Livres.

Sem “mosca azul”

Apesar de ter sempre o seu nome citado como possível candidato a prefeito de Cabo Frio, o presidente da câmara Luis Geraldo Azevedo, diz que ainda não foi picado pela “mosca azul”. Segundo amigos mais próximos, o vereador se julga mais capacitado e adaptado para atuar no legislativo.

Apanhou demais.

Semana passada um desses “cabos eleitorais”, que são “mais realistas que o rei” divulgou nas redes sociais um possível apoio de Marquinhos Mendes a Jefferson Vidal, na corrida para prefeito de Cabo Frio. O “cabo eleitoral” desavisado apanhou muito! A falta de credibilidade foi flagrante.

Há governo? To dentro!

A Família Bento não pode ver, mesmo de longe, um governo, que se atira de braços abertos e se enrosca e ai de quem queira tirar vai arrumar briga. Faz parte daquela turma com o velho e oportuno lema: “Há governo? To dentro!”

Servidores da Câmara.

Boa e simpática iniciativa da câmara de vereadores de Cabo Frio em homenagear seus servidores, nas redes sociais da internet, colocando a foto do servidor e pequeno resumo da importância de suas atribuições

Compartilhe:
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *