Enrascada

O governo de Adriano Moreno se meteu em mais uma enrascada. A maneira pouco ou nada civilizada como tratou a saída de Meri Damaceno da secretaria de cultura foi repudiada por grande parte do movimento cultural da cidade. A reunião realizada no Charitas lotou e as críticas ao governo não foram amenas.

Da cota de Adriano

Meri Damaceno na secretaria de cultura não foi indicação de grupos políticos, partidos ou mesmo vereadores. A memorialista era da cota do prefeito, tanto que quando Fernando Chagas pediu demissão, como subsecretária, assumiu imediatamente. Ao perder o apoio do prefeito para continuar, naturalmente não teria como continuar a frente da pasta.

Oposição presente

Cláudio Leitão e Denize Alvarenga, recentemente exonerados da secretaria de educação, depois de seguidos choques com o secretário de fazenda, estiveram presentes a manifestação de apoio a Meri Damaceno, no Charitas.

Protestos

A sexta-feira foi marcada por intensos protestos, nas redes sociais, contra a exoneração da secretária de cultura Meri Damaceno. O novo secretário Milton Alencar Júnior, se é que podemos chamá-lo de novo, tantas vezes esteve no cargo, vai ter muita dificuldade para estabelecer diálogo com a classe artística.

“Cachorro-morto” – 1

O governo de Adriano Moreno, com as novas alianças, está jogando uma última cartada para se salvar politicamente. Os sintomas são muito ruins, porque Adriano está apanhando de quase todos os lados, o que significa que o mundo político de Cabo Frio o considera “cachorro morto”.

“Cachorro-morto” – 2

Em Cabo Frio, boa parte do chamado “mundo político” circula por todos os governos a cata de cargos comissionados, mesmo os mais “chinfrins”. Quando um determinado político ou governo começa a apanhar de determinadas figuras é porque é considerado “cachorro morto”. Em Cabo Frio, não se bate em quem tem alguma perspectiva de chegar ao poder.

Impopularidade

A impopularidade do governo de Adriano Moreno é mesmo de espantar, mas ainda pior é a rejeição do secretário de fazenda, Antônio Carlos Vieira, presidente do Democratas, em Cabo Frio. Ocupando ponto estratégico da administração municipal, o secretário tem colecionado adversários e até o momento não colocou as finanças da prefeitura em ordem.

Bonifácio debate violência

O ex-prefeito José Bonifácio realizou na noite de ontem amplo debate sobre o tema, que, certamente vai tomar conta da campanha: segurança pública. A cidade que tem tiroteios em praticamente todos os bairros da periferia, com índices crescentes de violência não pode mais se furtar a amplo e profundo debate sobre questão tão importante.

Compartilhe:
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *