OUÇO TAPAS – Fábio Emecê

Ouço tapas

pode ser em qualquer parte do corpo

 queria dar tapas

 numa bunda perfeita

 estreita

 minha percepção

 de que a atenção

 pra mim

 está em déficit

 os pingos não param

 torneiras mal reguladas

 são o de menos

 quando não temos

 o da cerveja

 e do fumo

 sou niilista

 acordei e senti

 que o mundo é uma merda

 nos oferecem opções para sermos engajados

 cardápio

 você recusa

 é excluído

 tudo faz sentido

 quando dizem que você é do palco

 um décimo daqueles

 te ouvem

 te entendem

 te consideram

 o desafio é

 ah, não tem desafio

 não sou musculoso

 nem esguio

 há um descompasso

 entre meus pensamentos

 e a cor da pele

 por isso derreto

 ou viro barata

 na comunidade das botas

 dos sapatos

 dos chinelos

 de qualquer coisa

 que achate

 sou acusado

 de não querer nada sério

 logo eu

 sempre cheio de tarefas

 e tolerante

 quando quase todos

 optam por fazer de qualquer jeito

 ou não fazer

 o que proponho

 sonho

 coisas sórdidas

 acordo

 disposto a gravar

 nada dá certo

 nem eu

 dei certo

 por isso

 sou ignorado

 artes pretas

 sou aprendiz

 homem preto

 sou chamariz

 ser humano

 sou um talvez

 atenção

 sou freguês

 lógica encantada

 me empurram da escada…

Compartilhe:
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *