A PONTE

A ponte

Eu também conheço aquela ponte Uma das mais bonitas que você já viu

Atravessei-a inúmeras vezes em minha imaginação

Não somente à meia-noite

Mas madrugadas inteiras

Sonhando encontrar palavras verdadeiras

Que pudessem tocar o teu coração

Eu também conheço aquela ponte

Aquela que nunca atravessamos juntos

Que nunca atravessaremos A não ser em sonho

Conheço o abandono de tantos

Que por ela passaram tão sozinhos

A ponte por um instante desejou ter braços Que os abraçassem em seu caminho, com imenso carinho

Assim como eu desejei ter passos

Que o acompanhassem em seu destino

Eu também conheço aquela ponte

Uma das mais bonitas que você já viu

Mas não conheço você, sua beleza

Tanto quanto gostaria

A beleza dos olhos viajantes

Sempre à procura do belo

Sem saber que desde sempre

Esteve em você.

Elvira Campos Barroso Alves

Foto: Péricles Rosa da Nova

Compartilhe:
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *