GESTÃO DE ORDEM, COMPETÊNCIA E DEMOCRACIA.

As manifestações contra o sucateamento da Educação pelo Governo Bolsonaro acontecidas por todo o país acabam por nutrir de esperança os brasileiros.

Em Cabo Frio ganharam corpo entre os jovens, estudantes em sua maioria, mais dispostos a luta, que os seus professores, ainda bastante tímidos.

A cidade tão maltratada, ouviu além das fofocas e do disse me disse. O cotidiano, começa a se dar conta da voz das ruas, cansadas da manipulação de gente sem o menor compromisso com a democracia.

O tsunami do bolsonarismo começa a regredir e vai desembocar naquela minoria exacerbada, de extrema direita, que voltará ao seu devido lugar, o lixo da história. Mesmo numa cidade, que vive profunda crise de identidade como Cabo Frio.

Quem esperava surfar na onda conservadora perceberá, que gradativamente, vai se transformando em marola chinfrim. O ‘out sider’ da vez, o prefeito Adriano Moreno e seu grupo estão experimentando na pele esse recuo político.

Cabo Frio e sua população precisam parar de sofrer. O município precisa de “gestão de ordem e competência” sobre uma “agenda que reflita, em seu conjunto os anseios básicos da sociedade”.

E sempre em meio a muita liberdade e democracia.

Compartilhe:
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *