PEQUENAS DOSES

  • Cabo Frio vive o rescaldo da crise que envolveu o prefeito Adriano Moreno, o secretário de educação Cláudio Leitão, a subsecretária Denize Alvaorenga e o secretário de fazenda, Antônio Carlos Vieira.
  • As acusações feitas pelo ex-secretário Cláudio Leitão na entrevista coletiva foram graves, levadas ao Ministério Público e logo rejeitadas pelo prefeito e pelo secretário de fazenda. Essa história terá ainda muitos desdobramentos.
  • Observadores da vida política cabofriense são unânimes em afirmar que a saída da dupla Leitão/Alvarenga, da Educação, fortalece a figura de Antônio Carlos Vieira, o Cati, oriundo do mercado financeiro: educação X mercado.
  • Vitorioso dentro do governo municipal o secretário será muito mais cobrado, exigindo-se da administração aquilo que ainda não revelou: agilidade e transparência.
  • A saída de Cláudio Leitão, habitual frequentador dos cafés no centro de Cabo Frio, deixou chorosos muitos dos amigos, que compartilhavam diariamente de animado bate-papo. Conhecido tabelião, ligado aos esportes e a defesa do meio ambiente, acabou por não emplacar alguns projetos de importância para a prefeitura.
  • A nova secretária municipal de educação, Márcia Almeida, é prima do ex-deputado federal, Paulo César Guia Almeida, que quer voltar a Brasília: gostou dos ares do planalto central.
  • Silas Bento, continua interessado em manter o seu feudo eleitoral na cidade, mas tomou um susto quando o prefeito Adriano Moreno recebeu o deputado Samuel Malafaia, irmão do pastor de extrema direita, Silas Malafaia. Ocupação de espaço?
  • Aposentado, o professor José Américo Trindade, o Babade, não abandonou o debate político, mas na primeira oportunidade viaja com Eloisa. O casal se encontra am Ilhéus. Chique demais!
Compartilhe:
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

2 comentários em “PEQUENAS DOSES”

  1. Eram projetos ligados à Jogos Estudantis; Construção de Pista de Atletismo; Modelo de Formação dos atletas, de forma diferenciada para evitar atraso e evasão escolar; e a implantação do Livro Verde nas Escolas. Paciência. Sigo por Maricá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *