CALEIDOSCÓPIO

A montagem da estrutura do novo governo revela arte, sensibilidade para perceber o que alimenta os novos setores chamados genericamente de progressistas.

Foi preciso certa coragem, porque são amplas e arraigadas as áreas do pensamento conservador, que estão dentro do governo e também contribuíram para a vitoria eleitoral.

No governo conservador de Adriano Moreno setores progressistas foram cooptados, mas logo expelidos quando começaram a incomodar o ‘status quo’: a repercussão não poderia ter sido pior, para ambos os lados.

Neste novo governo de José Bonifácio as forças políticas, conservadoras e progressistas, são teoricamente paritárias, mas suas visões de mundo, obviamente diversas.

A administração dessas linhas de pensamento, formas de atuação e até mesmo choques de orientação política e ideológica caberá, em primeira instância ao prefeito, secundado pelo seu secretário de governo: vai exigir muita habilidade e maturidade política.

Compartilhe:
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

AS PAUTAS IDENTITÁRIAS

Lucidez & Paciência

A sinalização do prefeito na apresentação do secretariado foi boa. Entretanto, o país, em plena pandemia e com o governo federal de extrema direita e irresponsável, enfrenta a maior crise de sua história. Cabo Frio não é um oásis no deserto. Vai ser preciso muita lucidez e paciência para atravessar tempos tão duros.

O prefeito não é Moisés

Aumentar a arrecadação e eliminar entraves burocráticos em plena crise pandêmica e ao mesmo tempo enfrentar reivindicações represadas, especialmente no serviço público, representa uma multiplicidade de tarefas a curto e médio prazo. Como atravessar o deserto? O prefeito não é Moisés.

As pautas identitárias

A formação do secretariado obedeceu, em parte, às pautas identitárias, que tem sido alvo de intensas discussões na sociedade, que são bandeiras de luta dos setores mais progressistas. A ampliação do número de mulheres e negros no secretariado não garante que a política a ser desenvolvida terá um teor de profundo respeito aos direitos humanos, mas é um bom sinal.

A negociação política

O secretário de governo Aquiles Barreto terá a tarefa de negociar com o legislativo. Não deve ser uma atividade penosa para quem foi presidente da câmara e chegou a exercer, em caráter interino, o cargo de prefeito, mas enfrentará dificuldades, porque terá que frear muitas reivindicações em uma época de crise.

1º Ministro?

Aquiles Barreto, que foi o coordenador da campanha, pode funcionar diante da câmara como uma espécie de 1º Ministro do governo e amenizador de potenciais conflitos. O sucesso ou fracasso de sua empreitada vai ser o instrumento balizador de futuros vôos mais altos.

Sacada

Alguns observadores políticos plantados na câmara revelam que a escolha do professor Flávio Guimarães para a secretaria de educação foi à grande sacada na formação do secretariado. O professor não pertence a nenhuma das correntes políticas que disputam a hegemonia no Sepe Lagos e nem a burocracia da secretaria.

Saúde caótica 1

Entre tantos secretários Felipe Fernandes, o novo secretário de saúde, de imediato vai enfrentar tarefa mais árdua e espinhosa. A herança que recebe do governo de Adriano Moreno é caótica. A troca constante de secretários e a desativação precoce do Hospital da Unilagos aumentam a sensação que a população está desamparada.

Saúde caótica 2

A cidade enfrenta pleno recrudescimento da pandemia, a chamada ‘2ª Onda’, coincidindo com a abertura da alta temporada de Verão. Vai precisar de agilidade, competência, recursos e uma equipe de muita qualidade para enfrentar uma realidade duríssima, que se agrava a cada momento.

Que tal calçadas?

Existem ações que são baratas e muito eficientes para levantar a auto-estima do morador: calçadas decentes, sem buracos e desníveis, com rampas de acesso para deficientes. Não existe necessidade de contratação de empresas, a própria secretaria de obras e serviços públicos pode fazer.

Combate a corrupção

A controladoria geral do município, com ênfase no combate a corrupção, segundo o prefeito eleito, será ocupada pelo advogado Luiz Cláudio Gama, que presidiu o Ibascaf. O advogado também presidiu a Comsercaf, chamado pelo prefeito Marquinhos Mendes após a prisão do presidente da autarquia.

Compartilhe:
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

AS ANTOLÓGICAS DO BARÃO DE ITARARÉ

O uísque é uma cachaça metida a besta.

O que se leva desta vida é a vida que a gente leva.

A criança diz o que faz, o velho diz o que fez e o idiota o que vai fazer.

Os homens nascem iguais, mas no dia seguinte já são diferentes.

Dizes-me com quem andas e eu te direi se vou contigo.

A forca é o mais desagradável dos instrumentos de corda.

Sábio é o homem que chega a ter consciência da sua ignorância.

Não é triste mudar de ideias, triste é não ter ideias para mudar.

Mantenha a cabeça fria, se quiser ideias frescas.

O tambor faz muito barulho, mas é vazio por dentro.

Quem ama o feio é porque o bonito não aparece.

Neurastenia é doença de gente rica. Pobre neurastênico é malcriado.

De onde menos se espera, daí é que não sai nada.

Quem empresta, adeus.

Pobre, quando mete a mão no bolso, só tira os cinco dedos.

O banco é uma instituição que empresta dinheiro à gente se a gente apresentar provas suficientes de que não precisa de dinheiro.

Tudo seria fácil se não fossem as dificuldades.

A televisão é a maior maravilha da ciência a serviço da imbecilidade humana.

Este mundo é redondo, mas está ficando muito chato.

Precisa-se de uma boa datilógrafa. Se for boa mesmo, não precisa ser datilógrafa.

O fígado faz muito mal à bebida.

O casamento é uma tragédia em dois atos: um civil e um religioso.

A alma humana, como os bolsos da batina de padre, tem mistérios insondáveis.

Eu Cavo, Tu Cavas, Ele Cava, Nós Cavamos, Vós Cavais, Eles Cavam. Não é bonito, nem rima, mas é profundo…

Tudo é relativo: o tempo que dura um minuto depende de que lado da porta do banheiro você está.

As duas cobras que estão no anel do médico significam que o médico cobra duas vezes, isto é, se cura, cobra, e se mata, cobra.

Nunca desista do seu sonho. Se acabou numa padaria, procure em outra!

Devo tanto que, se eu chamar alguém de “meu bem”, o banco toma!

Viva cada dia como se fosse o último. Um dia você acerta…

Tempo é dinheiro. Paguemos, portanto, as nossas dívidas com o tempo.

Quem inventou o trabalho não tinha o que fazer.

O voto deve ser rigorosamente secreto. Só assim, afinal, o eleitor não terá vergonha de votar no seu candidato.

Em todas as famílias há sempre um imbecil. É horrível, portanto, a situação do filho único.

Negociata é um bom negócio para o qual não fomos convidados.

Quem não muda de caminho é trem.

A moral dos políticos é como elevador: sobe e desce. Mas em geral enguiça por falta de energia, ou então não funciona definitivamente, deixando desesperados os infelizes que confiam nele.

O Brasil é feito por nós. Está na hora de desatar esses nós.

O mal do governo não é a falta de persistência, mas a persistência na falta.

Senso de humor é o sentimento que faz você rir daquilo que o deixaria louco de raiva se acontecesse a você.

A sombra do branco é igual a do preto.

Este mês, em dia que não conseguimos confirmar, no ano 453 a.C., verificou-se terrível encontro entre os aguerridos exércitos da Beócia e de Creta. Segundo relatam as crônicas, venceram os cretinos, que até agora se encontram no governo.

O bacalhau é um peixe lavado e passado a ferro.

As mulheres de certa idade nunca são de idade certa.

Deus dá pente a quem não tem cabelo.

Os vivos são e serão sempre, cada vez mais, governados pelos mais vivos.

A guerra é uma coisa tão absurda e incompreensível que, quando se registra um combate de amplas proporções, até as baixas são altas.

Mais vale um galo no terreiro do que dois na testa.

Todo homem que se vende, recebe muito mais do que vale.

  • Revista Bula
Compartilhe:
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

PARTITURAS DE UMA VIDA

A paixão pelas palavras e, sobretudo, pela poesia veio da infância no interior mineiro. Quase ao mesmo tempo surgiu o amor pela música na vida da poetisa, escritora e musicista Viviane de Cássia. E são exatamente esses dois lugares de afeto que a artista retrata no livro ‘Partituras de uma Vida’ (Sophia Editora, 128 páginas). A obra, que já está à venda no site da editora, será lançada oficialmente no sábado (5), em live de Viviane de Cássia com as escritoras Jaqueline Brum e Andréa Rezende, às 19h.

Tablado Meu

Cada noite, a despertar-me,

surge ela Melodia, ritmada inspiração

Chega leve, silenciosa, sorrateira

Embalando pensamento e intuição

Construindo solo em base firme

Refrigério acalentando minha alma

Poesia, certamente, meu critério

Traduzindo, agitação que acalma

Seja dia ou surgindo a madrugada

Sonhando, silenciosa a contemplar

Rimo a construção da própria vida

Versando a intenção do verbo amar

Totalmente fora da zona de conforto

Nas trincheiras dos meus pensamentos

Externando apreço pela humanidade

Compartilhando despretensiosos argumentos

Tal missão, aqui, chamo de escrita

Causa tão nobre, já afirmada antes

Peculiar atuação nas entrelinhas

Cada leitor, precioso coadjuvante

Distinto ato a estrear nobre roteiro

Neste contexto, certamente, apropriado

Representando: — Corpo, alma e coração

Mãos sobre a pauta, cada estrofe, meu tablado.

Parte inferior do formulário

Compartilhe:
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

O ABRAÇO HUMANISTA

O prefeito eleito nesse ano difícil de 2020, ao apresentar o novo secretariado, cumpriu os compromissos assumidos durante a campanha.

A composição do secretariado enfatizou algumas questões que estão em debate na sociedade urbana contemporânea e representam pauta obrigatória dos governos progressistas.

O combate a corrupção, a preservação ambiental, o protagonismo das mulheres, a luta contra o racismo e todas as outras formas de discriminação, inclusive contra os LGBTQ+ parecem ser compromissos claros do novo governo.

Existe uma clara identificação do prefeito, ex-seminarista, com a ação política, o comportamento e as palavras do Papa Francisco, seu humanismo, cuidado e respeito ao outro.

A pauta progressista dentro de um governo tão plural, com traços também de evidente conservadorismo, vai exigir permanente negociação política ao longo dos próximos quatro anos para que se possa contemplar e consolidar avanços.

Compartilhe:
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

E A COMSERCAF E O IBASCAF?

Comsercaf & Ibascaf

O prefeito eleito revelou que vai tirar férias, merecidas por sinal, depois de uma campanha tão árdua, mas deixou muita gente com a orelha em pé sem anunciar as novas diretorias da Comsercaf e do Ibascaf. Ambos estão precisando daquele famoso “freio de arrumação”

Esperto!

O prefeito eleito até cumpriu a promessa de colocar o secretariado meio a meio, homens e mulheres, mas usou a velha técnica de Jack, aquele londrino hábil em fatiar. Quem olhou com atenção percebeu que o prefeito dividiu secretarias para acomodar o mulherio. Não vai arrumar encrenca em casa. Esperto!

O sonho de Tiziu

Muita gente ficou espantada, inclusive o blogueiro, com a aceitação do tabelião surfista, Flávio Rosa (Tiziu), que vai surfar na secretaria de turismo e esporte. Claro que ele tem toda a competência e merecimento, mas aqui no blog apostamos que ele só aceitou com o compromisso do prefeito de construir o centro olímpico no Aracy Machado.

Juarez Lopes

Como Flávio Rosa, o engenheiro Juarez Lopes é um grande nome para o saneamento e meio ambiente. Espero que possa trabalhar sem interferências da pequena e mesquinha politicagem: Cabo Frio terá muito a ganhar, particularmente a Lagoa de Araruama.

Comunicação social

Merecida a nomeação de Marcos Azevedo da ‘Bunker’ para a secretaria de comunicação social. Quem sabe, ao longo dos anos, o prefeito eleito tenha conseguido perceber a comunicação como elemento chave no processo político do governo. Com a vitória aos 75 anos José Bonifácio mostrou que é possível aprender em qualquer idade.

A relação com o legislativo

A nomeação de Aquiles Barreto para a secretaria de governo, eixo da relação política com o legislativo e a sociedade, reforça a posição dos vereadores Luis Geraldo (Republicanos) e Miguel Alencar (Democratas). Miguel deve ser o novo presidente da câmara.

Terra de ninguém 1

Não cessam as denúncias de degradação da Ilha do Japonês, tão amada por nosso Antônio Ângelo. Estão cortando árvores, desmatando cada vez mais dentro da Ilha, colocando mesas, cadeiras e barracas, privatizando a área de areia e deixando muito lixo.

Terra de ninguém 2

Já tem barraqueiro na ilha. Eles levam barracas e cadeiras e demarcam seus territórios dessa maneira. Barcos e lanchas ficam fazendo churrasco e vendendo (com o barco na água). É preciso que o governo tome uma providência enérgica.

Lixo

O prefeito Adriano Moreno e seus secretários precisam compreender que querendo ou não têm que governar até 31 de dezembro. Não é possível que o lixo na Avenida Joaquim Nogueira, em São Cristovão, permaneça tanto tempo para ser recolhido.

Compartilhe:
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

JORNAL A VERDADE, MÍDIA POPULAR

Chantal Campello Ferraz

Com 20 anos de existência, nascido em Recife (PE), o Jornal A Verdade constrói sua história firmando seu compromisso com a veiculação de notícias, informações e propaganda sem a falsificação cometida pela imprensa dos grandes ricos.

As TVs, jornais e rádios diariamente que despejam uma enxurrada de mentiras para povo. É a imprensa que nas mãos dos ricos analisa os fatos como o desemprego, a violência, as greves, a corrupção, as guerras e etc, sempre isoladamente, sem relacioná-los com suas verdadeiras causas, pois o compromisso desses é com quem paga mais.

Vendidos nas ruas de norte a sul do país, o Jornal A Verdade tem realizado um grande papel social retratando a verdadeira realidade do nosso povo, a serviço de suas lutas e da construção coletiva. Por isso a importância de um jornal à serviço da classe trabalhadora, para que denuncie as diversas opressões sofridas no dia a dia, em cada fábrica, em cada trem, cada dificuldade que permeia a vida sob julgo do capital.

Compre, leia e divulgue o Jornal A Verdade! Viva a imprensa popular! Pela democratização dos meios de comunicação imediatamente!

Compartilhe:
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter